Apresentando um cântico ao Senhor

Isaías 24: 14-16a

"Os que ficarem com vida cantarão de alegria; os que moram no Oeste proclamarão a grandeza do SENHOR,

e os que moram no Leste o louvarão. Os que moram no litoral louvarão o nome do SENHOR, o Deus de Israel.
Dos lugares mais distantes do mundo, ouvimos a canção de louvor ao Deus justo"


Apresentando um cântico ao Senhor

É muito interessante como o homem usa a música para se comunicar expressando sentimentos que variam do amor ao ódio, da festa ao tédio, da alegria a tristeza, e por aí vai.

Deus dotou o homem com talentos nesta área e é importante que retribuamos a Deus por isso, por tudo que Ele fez e faz e para expressar a Ele nossos sentimentos.
Fica então a pergunta: como apresentar a Deus um cântico?

Segundo o texto que lemos, devemos fazê-lo expressando exatamente o que sentimos. Ser verdadeiro é o que Deus espera de seu povo.
Neste texto vemos as vozes sendo erguidas com alegria (v14a). No exílio babilônico o povo lamentava-se.
Mas independente do momento em que o homem vive seu cântico deve preocupar-se somente em expressar o que verdadeiramente sente.
Não devemos nos preocupar como retorno financeiro ou visibilidade.
Somente agradar Deus (se a canção for para Ele).

Continuando o verso 14(b), vemos que devemos cantar pela Sua glória.
Segundo o dicionário Aurélio a palavra glória refere-se a: ações extraordinárias, honra, grande mérito, magnificência, brilho, esplendor, prestígio.
Todas essas definições são características de Deus.
Temos vários motivos para apresentar-lhe um cântico.

Nos versos 14 e 15 o profeta fala que os cânticos de alegria iam do Ocidente ao Oriente. Onde podemos entender que devemos cantar pro Senhor em todo lugar. Em casa, trabalho, escola, igreja, rua, sei lá... Onde estivermos este é o lugar que devemos entoar um cântico a Deus.

No verso 16(a), vemos que “Desde os confins da terra ouvimos cantarem: Glória seja dada ao Justo!”.
Entoemos a Deus canções que O glorifique. Que fale de Seus maravilhosos feitos, livramentos. De Sua bondade, magestade, honra, fidelidade, grandeza. De Sua misecórdia, graça e perdão.

Louvemo este Deus que nos deixa sem palavras para O exaltarmos tamanha é Sua grandeza.

Eduardo Leal

Comentários