Algumas observações acerca de provas e tentações

Tiago 1: 1-6

"Tiago, servo de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos que andam dispersas, saúde.

Meus irmãos, tende grande gozo quando caírdes em várias tentações;
Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência.
Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma.
E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.
Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte."


Na carta de Tiago vemos sua observação acerca de provas e tentações. No ponto de vista do apóstolo, elas devem nos proporcionar alegrias.
Estranho. Como coisas que podem nos trazer tristeza devem nos fazer alegres (2)?

Tiago logo nos primeiros versículos começa a nos explicar "que a prova de nossa fé nos produz a paciência (3). E em Romanos 5: 3-5, vemos que belos frutos colhemos por causa da paciência. São eles a experiência e a esperança.


Entendendo isso, podemos perceber que a paciência faz parte do nosso processo de aperfeiçoamento (4) e é algo que devemos estar perseguindo constantemente não nos moldando como o mundo como Paulo nos exorta em Romanos 12:2.


E nos versículos 5 e 6, Tiago nos diz que se nos faltar sabedoria devemos pedir a Deus com fé "por que a todos da liberalmente".


Deus não nos deixa desamparados em situação alguma. Se há permissão dEle no nosso cair, é porque temos que nos lembrar de nossa situação de humanos e que somos dependente dEle.


PAZ!!!

Eduardo Leal

Comentários