Ao trabalho adoradores!

II Crônicas 29:11-12a


“Meus filhos, não sejam negligentes agora, pois o Senhor os escolheu para estarem diante dele e o servirem, para ministrarem perante ele e queimarem incenso.
Então estes levitas puseram-se a trabalhar”

Após um período crítico na vida espiritual de Israel, onde o rei Acaz fez coisas desagradáveis perante Deus e com as coisas de Deus, os sacerdotes e os levitas são convocados pelo novo rei, Ezequias, em uma reunião pública (na praça) a consagrarem-se, consagrarem o Templo do Senhor e retirarem do Templo tudo que era impuro. A negligência do povo diante do que o antigo rei fizera, causou um afastamento entre eles e o  Seu Deus.


É triste quando vemos que coisas deste tipo têm ocorrido em nosos dias mesmo com tantos exemplos bíblicos deixados por Deus para que não erremos.


Temos vividos dias onde igrejas tem deixado de lado a adoração a Deus sobre todas as coisas. Igrejas onde o metal é a verdadeira busca.
Onde o líder incentiva que seus liderados busquem sempre mais e mais não o Seu Deus, mas prosperidade financeira. Seus cultos não tem espaço para mensagens edificantes ou de exortação, de doutrina. Apenas mensagens que não afastem os frequentadores / ofertantes. Mensagens com temática de auto-ajuda, satisfação, técnicas de relações, campanhas de prosperidade, e por aí vai.


Usam, inclusive, a música para promover seus objetivos com letras e ritmos dos mais variados, para alcançar todos quanto possível e em todos os níveis.
Isso no passado levou a ruína o povo de Deus em diversos momentos da história, pois buscavam em primeiro lugar outras coisas e não Deus.


O rei Ezequias convocou a deixar de lado a negligência que havia tomado conta do povo e que voltassem mais uma vez pro seu Deus.


É isso que devemos fazer hoje!
Voltar nossa adoração somente a Deus.
Deus deve ter sempre o primeiro lugar em nossas vidas.
Nosso pensar e agir deve ser sempre o de agradá-Lo, pois só Ele é digno disso.
Embora nossas conquistas materiais e qualquer outra coisa que queremos sejam importantes para nós, elas não podem tomar o Seu Santo lugar.


Vamos trabalhar "levitas" do Senhor!
Vamos tirar do altar tudo o que nos afasta do Senhor, nosso Deus. 
Vamos conscientizar aqueles que ainda não abriram seus olhos para essa triste realidade que atravessamos nesses dias.
Vamos selecionar melhor aquilo que estaremos cantando em nossos cultos, e o ouvindo em outros lugares por que isso influencia nossa vida pra melhor ou para pior.


Então ocorrerá como nos versos finais do capítulo 29: 25, 26, 28, 29, 30 e 36:

“O rei posicionou os levitas no templo do Senhor, com címbalos, liras e harpas, segundo a prescrição de Davi, de Gade, vidente do rei, e do profeta Natã; isso foi ordenado pelo Senhor, por meio de seus profetas.
Assim os levitas ficaram em pé, preparados com os instrumentos de Davi, e os sacerdotes com as cornetas
Toda a assembléia prostrou-se em adoração, enquanto os músicos cantavam e os corneteiros tocavam, até que terminou o holocausto.
Então o rei e todos os presentes ajoelharam-se e adoraram.
O rei Ezequias e seus oficiais ordenaram aos levitas que louvassem o Senhor com as palavras de Davi e do vidente Asafe. Eles louvaram com alegria, depois inclinaram suas cabeças e adoraram.
Ezequias e todo o povo regozijavam-se com o que Deus havia feito por seu povo, e tudo em tão pouco tempo.”

Amém!

Eduardo Leal

Comentários